“CARTA DE RECLAMAÇÃO SOBRE PORTUGAL”

Share Button

Cara Europa,

É a primeira vez que peço o livro de reclamações. Uma vez na Worten comprei um desumidificador que não desumidificava mas tive vergonha. Desta vez é mais grave: desconfio ter em mãos um país europeu com defeito.

Foi-me prometido Portugal, um país mediterrâneo com clima simpático mas que, desde que Gil Eanes dobrou o Cabo Bojador, apenas conseguiu estar na bocas do mundo quando um ousado jovem de skate foi trend no 9GAG por gritar Sai da frente Guedes.

Deve ter havido um engano. O resto da Europa está a funcionar normalmente, na mediana: franceses andam entretidos com Le Pen, ingleses andam entretidos com Brexit e espanhóis continuam pouco entretidos por não entrar nas anedotas do português, do inglês e do francês.

Por cá, estamos imparáveis. Somos campeões da Europa de futebol. Temos o melhor jogador do mundo em futebol, futebol de salão, futebol de praia e desconfio que se houvesse futebol de pomar, com duas nespereiras a fazer de baliza, o melhor do mundo também era nosso.

Algo está mal. Desconfio que nos foi dado um país em segunda-mão, porque os exemplos de virtude já não são só com o desporto que se joga com o pé.

Vencemos a Eurovisão. Organizámos o maior evento de empreendedorismo da Europa. O NOS Alive foi eleito um dos melhores festivais da Europa. A Forbes deu um shout-out ao Vhils. Temos faculdades portuguesas a liderar o ranking do Financial Times. Até o pastel de nata, que era só nosso, decidimos exportar para o resto da Europa só para poder dizer que mesmo assim o nosso é que é o melhor da Europa.

Desconfio que temos o país fora-de-prazo. O nosso estado de graça caducava 3 dias depois do pontapé do Eder mas 10 meses depois ainda não tem bolor.

Todos os dias sai mais um artigo no The Guardian a dizer que Lisboa é a cidade mais cool da Europa, que o Porto é o epicentro da cultura, que o Algarve tem os melhores pores-do-sol, por-dos-sóis, pores-dos-sóis e eu continuo sem saber colocar o plural em palavras com hífen.

Não sei como funciona a vossa política de devoluções, mas via com agrado uma troca por Bulgária ou Croácia.

Eu só pedi Portugal, e deram-me por engano o melhor país da Europa.”

Guilherme Geirinhas

Facebook autor !

Share Button

3 Comments

  1. E termos o melhor aeroporto eleito…no Porto! melhor destino Europeu..Porto!
    Com o Euro 2004 ensaiámos…com os Rock in Rio…ensaiámos…Com o Figo ensaiámos…
    Melhor praia europeia é nossa (praia dos Galapinhos), Portuguesa claro!
    Qual champanhe qual quê!? Vinho do Porto já corre mundo há séculos!
    Ainda não exportámos as Bolas de Berlim….para já ainda só foi a “Bola de Ouro”…e os pastéis de nata!
    Já lá vão os tempos das corridas de atletismo que ganhávamos…mais uma vez: estávamos a ensaiar, pois afinal somos campeões noutros tantos desportos, só que não é a Coca Cola/Pepsi/Adidas/Nos etc que patrocinam, os patrocínios são pessoais e nem se dá conta disso…Mas continuamos a ser os melhores!
    Depois não venham confundir-nos com o resto da Península, nem com os nossos “manos” europeus.
    Lusos são TOP!Fizeram os Descobrimentos mas ainda estão a ser descobertos 🙂

  2. Nas palavras com hífen o plural faz-se na primeira palavra: pores-do-sol, arcos-íris, fins-de-semana, casas-de-banho.

  3. A culpa é do Guterres… pediu as Nações Unidas e elas só têm olhos para nós!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.