Cientistas surpreendidos por nuvem de gelo em lua de Saturno

Share Button

682400main_pia14922_full_full

Na terça-feira, a agência espacial norte-americana, NASA, detetou na estratosfera de Titan – lua de Saturno – aquilo que parece ser uma nuvem de gelo.

O que era inicialmente uma impossibilidade levou a que a NASA começasse a pesquisa de formação de nuvens em Saturno de forma diferente.

A NASA indica no seu artigo que a formação daquela nuvem é idêntica ao processo verificado na Terra, nas zonas polares do planeta concretamente. A nuvem de gelo é composta pelos elementos de carbono e nitrogénio, que combinados originam a dicyanoacetylene (C4N2). Um composto químico que colora a atmosfera gasosa da lua Titan.

Carrie Anderson, co-investigadora do  CIRS, no Centro Aerospacial Goddard da NASA, afirma que “a aprência da nuvem de gelo vai contra tudo o que sabemos [leia-se cientistas] sobre a formação de nuvens na lua Titan”.

A descoberta ocorreu no âmbito da missão Cassini-Huygens, um projeto de cooperação entre a NASA e a ESA (agência espacial europeia), e só foi possível devido ao espectrómetro infravermelho (CIRS) que a sonda Cassini transporta. Mais, através do CIRS, os cientistas descobriram que a estratosfera de Saturno tão seca quanto um deserto.

Via :techitt

Share Button

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.