Comunicado A Padaria Portuguesa 26 de Dezembro de 2017

Share Button

Tem sido partilhada nas redes sociais uma imagem de Bolos-Rei colocados em cima de um caixote de lixo, junto à nossa loja no Largo da Graça, em Lisboa.

Como a todos os portugueses, a imagem choca-nos. Vai contra os princípios pelos quais A Padaria Portuguesa se rege, assim como contra as políticas que implementa. Nomeadamente, no que diz respeito às sobras.

Como os nossos produtos são frescos, do dia, o seu prazo de validade é curto. Daí que, desde o primeiro dia da primeira loja, tenhamos feito questão de assegurar que os produtos que não são vendidos sejam distribuídos pelos nossos trabalhadores, assim como recolhidos por várias instituições que prestam um serviço inestimável de apoio aos mais carenciados da nossa comunidade, como a Reefood, a Casa do Gaiato, a Casa dos Rapazes, entre muitas outras.

Excepcionalmente, na véspera de Natal, quando foi tirada a fotografia no Largo da Graça, os produtos não vendidos durante o dia foram canalizados para algumas das instituições que apoiamos, partilhados com as nossas equipas e com os nossos clientes, e também centralizados na loja do Marquês de Pombal onde, através de uma equipa de mais de 100 voluntários (trabalhadores, familiares e amigos), na manhã do dia de Natal foi oferecido um pequeno-almoço solidário a pessoas sem abrigo e outras pessoas carenciadas.

A situação da Graça foi uma infeliz excepção à nossa política sustentada de partilha das sobras com quem mais precisa e, por esse motivo, está a ser internamente analisada com rigor para percebermos o que falhou e garantir que não volta a suceder.

Pedimos desculpa a toda a gente a quem a imagem chocou. Lamentamos profundamente e garantimos que tudo faremos para que não se volte a repetir.

Aos nossos trabalhadores, que diariamente se dedicam com afinco para que A Padaria Portuguesa vá mais longe e garanta sempre a satisfação dos nossos clientes, lamentamos esta falha. Mas sabemos que, apesar de indesculpável, não põe em causa o excelente trabalho e empenho de todos neste período de Natal – a altura do ano de maior trabalho para todos os trabalhadores d’A Padaria Portuguesa.

A todos os nossos clientes e trabalhadores, desejamos um excelente Ano Novo.

Nuno Carvalho
Director-Geral
A Padaria Portuguesa

 

 

Share Button

1 Comment

  1. e cito a gerencia do restaurante vegetariano DaTerra: “primeiro isto não é a santa casa da misericordia, segundo não quero mendigos a fazer fila á porta, vai tudo para o lixo” … e ás palas disso gajos como eu (ou gajas, n sei, se calhar sou uma gaja…) preferem alimentar-se mal do que dar dinheiro a estes merdas que andam a violar conceitos nobres.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.