Partidos unidos contra um referendo em Portugal

Share Button

ng7137870

O cenário de realização de um referendo sobre a permanência de Portugal na União Europeia (UE) está para já afastado

A maioria dos partidos portugueses – embora com algumas diferenças de posição em relação ao processo de integração e à defesa da soberania – não querem colocar essa consulta popular na agenda, à semelhança do que aconteceu no Reino Unido.

O PS entende que “as peculiaridades do Reino Unido devem ser vistas como tal e não exportadas para outros países”. O deputado e vice-presidente da Assembleia da República Jorge Lacão diz que “a questão do referendo não deve ser considerada como uma espécie de moda”. Salienta, no entanto, que o resultado da consulta popular aos britânicos “é um sério aviso às instituições europeias, no sentido de que têm de fazer mais e melhor para que os povos europeus aceitem os objetivos da UE”. Mas, sublinha, “tal não pode acontecer se os principais dirigentes continuarem a pautar a sua conduta por lógicas meramente financistas e economicistas, em lugar de gerarem confiança real acrescida de proteção dos cidadãos europeus”. Lacão lamenta que o presente quadro “incentive formas preocupantes de tendências mais nacionalistas, xenófobas e de extrema-direita”.

Via : DN

Share Button

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.