Radar na Via Rápida da Costa de Caparica gera polémica na Internet

Share Button

Em causa está o radar colocado no sentido Costa de Caparica-Almada antes das Bombas de Serviço da BP

 thumb_teseSão vários os internautas que, em grupos de Facebook dedicados à viação na Margem Sul, alertam para o controlo de velocidade colocado há cerca de duas semanas no Itinerário Complementar 20 (IC20) que liga Almada à Costa de Caparica.

 

A colocação do radar naquela posição, no sentido Costa de Caparica-Almada, está a gerar polémica na web, já que foi colocado logo após a nova sinalização de velocidade desta via.

 

Se antigamente em todo o IC20 o limite de velocidade de 90 quilómetros hora, agora e a partir daquele do ponto que antecede as bombas de combustível da BP, antes da saída para a A2 sentido Setúbal/Algarve, o limite máximo de velocidade passa para os 70 quilómetros hora.

 

Os internautas acusam os responsáveis pela manutenção da via e as forças de segurança de “caça à multa”, dado que, durante muitos anos, o limite sempre foi o que o Código da Estrada define, por regra geral para os Itinerários Complementares, de 90 quilómetros hora.

 

O Diário do Distrito tentou contatar por telefone a Autoestradas do Baixo Tejo, concessionária responsável pela manutenção do IC20, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública com o objetivo de obter um comentário a estas contestações, mas nenhuma das organizações esteve disponível para qualquer declaração.

via :diariododistrito

Share Button

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.