Suspeitos de agressão em Ponte de Sor têm imunidade diplomática

Share Button

img_818x455$2016_08_17_23_45_12_558285

Os agressores do jovem de 15 anos em Ponte de Sor foram identificados pela Polícia Judiciária, mas estão em liberdade por gozarem de imunidade diplomática.

O JN sabe que a Judiciária continua com a investigação e deverá agora passar pelo Ministério Publico o pedido do levantamento da imunidade diplomática aos dois irmãos gémeos de 17 anos, filhos do embaixador do Iraque em Portugal.

Um caso que mexe com a diplomacia e ganha outros contornos, porque, ao que tudo indica, além das agressões físicas, o jovem de 15 anos foi ainda atropelado por um dos gémeos que conduziria um carro da embaixada.

A embaixada do Iraque em Portugal ainda não reagiu. Durante a manhã, ainda atenderam o telefone, onde foi dito que “o senhor embaixador” não estava, mas que falaria “o senhor cônsul do embaixador depois da hora de almoço”. O telefone da embaixada está com atendedor automático desde o inicio da tarde.

Share Button